sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Se por acaso me vires por aí


Se por acaso me vires por aí faz de conta que não me conheces, que nem te lembras das cores que o céu tem nas noites em que não adormeço, que a noite é fria quando eu me levanto para beber um copo de água. Então faz de conta que não me descobres entre a multidão que conheces, fala sozinho e diz que me esqueces quando eu passo em tons de silêncio. Olha para mim mas não me gostes enquanto as gotas te rolam na face, finge que és tu que moras agora bem longe de onde eu vivo. Se por acaso a vontade for tanta que não consigas mais ver-me, tapa a tua face com as mãos e vais ver que o que parece não é; é muito simples querer a partida fácil é não concretizá-la mas nos meus olhos já soa à ventania e ao gelo desta longitude.
Se por acaso me vires por aí inventa uma morte à pressa, se tu chorares não chores por mim chora apenas pelo meu avesso, vais ver então que não sonhamos juntos porque é demorada a espera, quebra a esperança, solta os teus medos, não desesperes por mim. Apaga a fogueira deste sentimento, finge-me longe de ti, então faz parecer que o céu mudo já fala para ti.
São lágrimas que caem em mim mas é melhor assim, para ti, para ti, para ambos, se o sorriso te gemer de dor conta anedotas a ti próprio, depois finge que és actor e não te demores a inventar um novo papel, rói o mundo que era nosso e a esperança que ainda te aquece o corpo.

Sabe apenas que ainda penso em ti apesar de te querer longe de mim.

6 comentários:

Anônimo disse...

hmnn isso é o titulo de uma música do jp simões e até o conteúdo é bem parecido. coincidência?

Marina Côrte-Real disse...

pois é o conteúdo é igual :) mas coincidência ou não o que interessa é que a musica é bem bonita!

EMF disse...

....Não nos conhecemos?

Anônimo disse...

já vi que não vai responder. de qualquer forma vejo o silêncio como admissão de culpa.

By Priih disse...

Gostei da musica gostei do seu Blog...

Dança de lágrimas ... disse...

baseado na música deles não indica que seja plágio da sua letra... sim, Jp Simões me inspirou...

Obrigado por me visitarem *