terça-feira, 30 de outubro de 2007

Beijos que doem





Há beijos que doem, doem porque as verdades que os cobrem são falsas, doem porque talvez por detrás de um beijo esteja uma traição que magoa e arde depois no coração de quem beija e de quem não beija mesmo querendo ser beijado.
Deves estar a pensar que este texto é para ti, estás enganado. Talvez este texto seja um mero desabafo ou uma realidade diferente mas na verdade o que mais dói é o que se beija e depois não se esquece.
Um beijo dói como tudo o que é capaz de nos magoar ou fazer sofrer!
Quando olho para ti gostava que esta fosse a nossa mais bonita história de amor mas depois os teus beijos doem muito, doem como seringas espetadas nos braços de um doente, não sei como comparar, ao que comparar, só sei que depois do beijo escondo a cara no teu ombro e deixo que umas lágrimas me escorram face abaixo.
Os teus beijos doem mas eu gosto e por gostar tanto continuo a deixar que me beijes.

7 comentários:

_aifos_ disse...

Mto bom, forte!
Gostei!
bjs


- não te temos visto no escrevo.org?

Alexandre disse...

Os beijos não são todos iguais e alguns até nem fazem sentido - podem ser trocados mas o significado é muito pequeno ou nenhum!

Depois, há os outros beijos que vêm na altura certa carregados de desejo, de entrega e de partilha. Cumplicidade , numa palavra!

Que se beije nos momentos e as pessoas que merecem!

Muitos beijinhos!!!

Humberto Morais disse...

Gostei bastante do que escreves.
Vou ficar atento a este espaço.

Até breve

Arcanjo disse...

Dança,

Deixo-te mil beijos sem dor***

Vertigo disse...

Beijo,Kiss,Kuss,Bacio,Bisou...tão bom :)))

firico disse...

tao bem k compreendo..adorei.nao tenho realmente palavras pa descrever o k acabei de ler.simplesmente lindo.

- Gabriela L disse...

Amei o que escreves.te =D