domingo, 23 de setembro de 2007

Dança da Lua





E se ao menos houvesse um lugar onde me encontrar, quem sabe permanecer, só um canto qualquer entre este mundo pequeno onde encontrar um pouco do meu mundo inteiro. Onde me aconchegar e quem sabe sorrir com uma flor atrás da orelha só para tornar mais cómico um momento. Se houvesse um lugar onde me encostar para ler e escrever ou quem sabe apenas sorrir porque o que sentimentos do mesmo modo que nos sai em escrita sai-nos também em gestos e silêncios que as palavras nunca conseguirão descrever.
Se ao menos houvesse algum tipo de invenção que tornasse possível quebrar a distância ou torná-la pelo menos mais curta sempre que o coração e o corpo sentissem dentro de si a vontade de estar e ficar com quem a distância arrastou para longe.
Se ao menos isto, se ao menos aquilo e a vida roda assim em torno deste "se ao menos" mas hoje quero lá saber se estás longe ou perto, hei-de dançar contigo um tango à luz da lua, no meio da noite , essa que emcobre a emoção e a felicidade de dois amantes.

Um comentário:

Blue Velvet disse...

Lindo este Blog onde vim parar por acaso.
Que bom gosto, e sensualidades subtis.
BlueVelvet