sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Quando será?




Quando for será e o coração não terá lágrimas que não chore de alegria, quando for já eu terei ido ou terei vindo e o teu encontro não deixará de ser o fascínio que acompanha a minha vida desde que tu entraste nela. O teu encontro, no teu encontro, quando será?

Quando for será...

Um comentário:

Felipe Nunes disse...

Fartei-me de esperar pelos desencontrados encontros. Perdi o dom das lagrimas... o dom de com elas dançar.. perdi-o por amar. Por querer se feliz.

Perdio-o por chorar....


Um beijo,
f n