sábado, 14 de julho de 2007

Baile de Lágrimas


Só umas gotas...
só uns sabores de mil cores a cobrirem-me toda, o sal a escorrer na minha face, a boca em silêncio perdidas nas palavras que não se dizem...
Depois as melodias e os pares de lágrimas que escorrem do par de Olhos e vertem-se as dores, num abandono, num gemido em silêncio, numa falta incompreendida, numa saudade que mata...

Só umas gotas...
Só muitas lágrimas...
Só o rosto coberto de melodias desavindas e o coração arrancado do peito de proposito.

5 comentários:

Anônimo disse...

Que deprimente....

Paulo Sempre disse...

"por uma lágrima tua..a alegria me deixaria matar" (Amália Rodrigues).

Lágrimas...que desatino..quase loucura...

Beijo
Paulo

André Benjamim disse...

ola. Obrigado pela tua visita e comentário.

Alexandre disse...

FASCINADO! Estou completamente fascinado! Com o teu blog... e contigo! A canção da tua vida ser «No teu Poema» do Carlos do Carmo deixa-me impressionado contigo pois o Carlos do Carmo é um dos meus artistas portugueses preferidos - tive o ensejo de o conhecer pessoalmente há uns tempos e é uma pessoa fantástica!

Por coincidência coloquei neste momento 3 canções dele no meu blog que falam de Lisboa - a propósito das eleições de amanhã!

Que estas lágrimas sejam o sal do teu blog!!!

Muitos beijinhos!!!

Vlad disse...

O teu Baile de Lágrimas, sentido com muita intensidade, expresso com muita beleza. ra´ter continuação, seguramente, numa Rave de Riso quando perceberes que a total dimensão do teu eu está muito para além da mesquinhez da maior parte da humanidade.

Fiquei muito contente pela excelência do teu blog... está "a tua cara".

Continua a evoluir na forma porque conteúdo não te falta

Bjnhs de carinho "quase paternal" ;)