quinta-feira, 26 de julho de 2007

Por favor...










Ouve lá já me não encontro quando me procuro só em ti me acho, tu és-me mais do que eu própria me sou e agora que preciso de mim importaste de me dar um bocadinho?



Por favor...

3 comentários:

Paulo Afonso disse...

Um texto reflexo...das relações em nos entregamos de uma forma total que nada nos sobra para nós...
Sublime!

Um beijo por favor

gINO disse...

não por favor, mas por amor.

belakbrilha disse...

Lindo!